domingo, 22 de junho de 2008

Bolo de fubá


Apesar de parecer que é desta que o Verão chegou para ficar e de por isso mesmo já não apetecer ligar o forno, a verdade é que um bolinho caseiro cai sempre bem. Desta vez optei por uma receita brasileira, e gostei muito do resultado: um bolinho simples, mas saboroso e muito fofo! A repetir!

Ingredientes:
4 ovos
2 xícaras de chá (320 gr) de açúcar
2 xícaras de chá (240 gr) de farinha de trigo
2 xícaras de chá de fubá de milho (240 gr)
3 colheres de sopa de margarina
1 xícara de chá (240 ml) de leite
4 colheres de chá de fermento

Confecção:
Batem-se as claras em neve; acrescenta-se o açúcar e continua-se a bater. Acrescenta-se aos poucos os restantes ingredientes batendo sempre, colocando por último o fermento. Vai ao forno em forma untada e polvilhada durante cerca de 35 minutos. Depois de desenformado, achei que fica bonito se o polvilhasse com açúcar em pó (icing sugar).
(Nota: enganei-me no supermercado e depois de ter várias embalagens de fubá na mão acabei por trazer de... mandioca! Não foi por isso que deixei de fazer o bolo! Caso façam como deve ser - isto é, com fubá de milho - acredito que o bolo fique mais amarelinho. Pelo que sei, ficará ainda mais fofo, porque a farinha de mandioca é um pouco mais pesada que a de milho. A fubá de mandioca é mais utilizada na cozinha angolana e a de milho na cozinha brasileira.)

2 comentários:

Jann disse...

Este bolo ficou com um aspecto fantástico! Parece super fofinho, apetece dar-lhe uma dentadinha.

Jann disse...

Este bolinho anda-me a fazer olhinhos, mas eu ainda não encontrei a farinha...
Não passa deste fim de semana!!!!!!

Beijinho :)

What kind of breakfast are you?

You Are Eggs
Traditional and totally grown up, you truly believe that breakfast is the most important meal of the day.
You don't skimp on nutrition or quality. You're likely to take the time to make yourself a decent meal each morning.
You're a great cook, even if you aren't a showy one. You can make a feast out of simple ingredients.
The food you eat may be basic, but you prefer to think of it as classic.